Um “tal” de Gay Talese

Um “tal” de Gay TaleseRedd Angelo / unsplash

Sabe a Flip 2009? A Festa Literária Internacional de Paraty? Pois é, ela acontece agora, do dia 1º ao dia 5 de julho (E muito provavelmente não é pro seu bico, já que os ingressos pra assistir as palestras no telão – e não estou nem falando no preço pra assistir na tenda dos autores! – são 10 reais por palestra. Fora o $ pra chegar lá e pra dormir lá e pra comer lá. Enfim…). E Gay Talese estará no evento divulgando seu livro mais novo, lançado em 2006. Você sabia? Nem eu. Fiquei sabendo assim sem querer. E o pior é que eu custei pra lembrar quem era esse “tal” de Talese. Esse nome… já escutei em algum lugar. A mulher do próximo! Lembrei! Ele é o autor de A mulher do próximo. Não, na verdade não li. Mas pretendo ler rs. Já tinha ouvido falar do livro e Talese como um representante do chamado New Journalism. Mas o meu vasto conhecimento sobre o assunto parava por aí. Essa semana eu trombei numa entrevista com ele que vale a pena dar uma olhada. Clique aqui pra ver.

O livro que Gay Talese vai divulgar na Flip é Vida de Escritor da Editora Companhia das Letras. Pelo que eu andei fuçando pela internet, o perfil Frank Sinatra Está Resfriado, publicado na revista Esquire em 66, foi o primeiro – de muitos – dos seus textos a chamar à atenção. Ele ocupou 55 páginas da revista! Esse perfil é considerado um clássico do New Journalism. A Bravo! desse mês traz um texto que fala da vida de Telese e do seu livro mais novo. É bem legal. Eu li pelo site, nesse link. Deu uma vontade de ler os livros dele…

Thais Marinho

Ainda são poucos os livros na minha estante e muitos na lista para serem lidos, mas a paixão por eles já está há muito tempo instalada. Hoje, cá estou, quase ex-jornalista, estudante de Letras, atualmente em terras hermanas, desbravando o argentinês e as literaturas hispano-americanas.