Primeiros passos… online

Primeiros passos… onlineRedd Angelo / unsplash

Antônio Prata, Carol Bensimon, Daniel Galera e Clarah Averbuck

Tem muito escritor que já pode deitar na cama. A fama deles os precede. Não há quem não conheça. Nem que for só de nome. Outros ainda têm muito trabalho pela frente, estão só começando. Mas esses novos autores têm, digamos, um trunfo a seu favor. Com a internet, é muito mais fácil divulgar seus textos. Blogs, twitter, orkut, facebook e outras tantas redes sociais – vitrines onde os escritores (e qualquer um) podem expor seus trabalhos e a si mesmos. E na era digital, nada mais natural do que imaginar que o campo onde a literatura tateava modificou suas fronteiras.

Por exemplo, Daniel Galera começou sua carreira na internet. De 1996 até 2001 ele publicou textos na web. Ele mantém uma página pessoal, facebook, orkut e twitter (@RanchoCarne) e uma definição na wikipédia. E de Antônio Prata, você já ouviu falar? Ele escreve crônicas e contos. Alguns desses textos vão para veículos de comunicação como o jornal Estadão – onde, inclusive, fica hospedado seu blog. Por um tempo, seus escritos iam parar em uma página do blogspot e o site Releituras abriga alguns textos seus. Ele tem twitter (@AntonioPrata) e facebook.

Carol Bensimon teve também seus contos publicados em jornais e revistas. Seu último romance Sinuca embaixo d’água foi lançado pela Companhia das Letras em 2009. A escritora tem, não é bem um blog, é como se fosse um currículo online incrementado e durante o tempo que escreveu Sinuca… manteve um blog-making-off da produção do livro. Hoje em dia mantém Kevin Arnold para dois e uma página no site do jornal Zero Hora sobre sua vida em Paris, onde mora atualmente. Também no facebook, blog e também com direito a uma definição na wikipédia, está Clarah Averbuck. Ela é autora do livro Máquina de Pinball, que foi adaptado para o cinema.

Claro que os escritores velhos de guerra também usufruem do mundo virtual. Maior exemplo disso é o blog que José Saramago mantém (o caderno de José Saramago). Para saber de escritores já famosos que usam o twitter, clique aqui. Vale dar uma fuçada. Pra quem gosta de literatura e internet é um prato cheio.

Thais Marinho

Ainda são poucos os livros na minha estante e muitos na lista para serem lidos, mas a paixão por eles já está há muito tempo instalada. Hoje, cá estou, quase ex-jornalista, estudante de Letras, atualmente em terras hermanas, desbravando o argentinês e as literaturas hispano-americanas.