As estreias de Tolkien

As estreias de TolkienDylan Luder / unsplash

Nesta semana, a Warner Bros divulgou o trailer do filme O Hobbit – Uma jornada inesperada. A adaptação também será dirigida pelo neozelandês Peter Jackson – o mesmo diretor da trilogia O Senhor dos Anéis – e deve chegar aos cinemas em dezembro do ano que vem. A história será dividida em duas partes e a previsão para a estreia do segundo filme (There and back again) é para o fim de 2013.

Tudo começou como uma história contada para os filhos: “em um buraco no chão vivia um Hobbit”. Era o início do primeiro livro de J. R. R. Tolkien a visitar a Terra-média e também de uma extensa mitologia. Mas nem sempre o livro de Tolkien – que narra a busca de Bilbo Bolseiro ao tesouro guardado pelo dragão Smaug – esteve cercado de tanta badalação.

O lançamento foi em 1937, com apenas 1500 exemplares. Depois a obra ganhou o mundo e superou a marca de 100 milhões nas vendas. Quem guardou alguma cópia dessa primeira edição inglesa pode faturar uma grana boa: a avaliação é de 100 mil dólares por cópias integrais em bom estado.

Em 2008, um dos primeiros livros com esse título foi leiloado em Londres por 60 mil libras (mais de 120 mil dólares). Um comprador anônimo arrematou por telefone a relíquia que ainda guarda valor sentimental. A dedicatória de Tolkien nesse exemplar era para sua amiga Elaine Griffiths.

Para os fãs do épico, Elaine pode ser considerada quase tão importante quanto o próprio Tolkien. O autor pretendia que a história fosse lida somente pelos próprios filhos e essa amiga deu a dica para os editores George Allen & Unwin, que encomendaram a versão completa da história.

Victor Vieira

Não leio bula de remédio. Falar isso seria exagero e estou longe de virar hipocondríaco. Mas é verdade que com as letras arrisquei quase tudo. No jornalismo, aprendi a espremer palavras para sair notícia. A ficção me ensinou a percorrer lugares na distância entre uma prateleira e outra. E escrever garante, a mim e a quem mais embarcar, novos roteiros para essas viagens.

Últimos posts por Victor Vieira (exibir todos)