Quando os livros viram músicas

Quando os livros viram músicasDylan Luder / unsplash

Que algumas obras literárias são inspiradoras ninguém tem dúvida. Música e literatura formam um belo par. Não é à toa que muitas vezes os músicos são também poetas, como Vinícius de Morais. Além de quem se rendeu à dobradinha música e literatura, tem aqueles que ficaram só com a carreira musical, mas se inspiraram em obras literárias. Muitas músicas que você ouve por aí são baseadas em livros. Conheça algumas “obras cantadas”:

Monte Castelo, do Legião Urbana, foi baseada no poema O amor é fogo, de Luís de Camões

Sympaty for the Devil, dos Rolling Stones, foi inspirada na obra O Mestre e Margarida, de Mikhail Bulgakov

Misty Mountain Hop, do Led Zeppelin, tem influência na trilogia O Senhor dos Anéis, de Tolkien

Pet Sematary, dos Ramones, foi baseada no conto O cemitério maldito, de Stephen King

Brave new world, do Iron Maiden, faz referência à obra Admirável mundo novo, de Aldous Huxley

O álbum Nightfall in Middle-Earth, do Blind Guardian, é todo inspirado na obra Silmarillion, de Tolkien