Pin-ups literárias

Pin-ups literáriasDylan Luder / unsplash

Quem fala que literatura não dá prazer pode estar ainda mais enganado. Um dos mais recentes trabalhos levados à frente pela Wordlbuilders – organização que custeia iniciativas interessantes a partir de doações – é a prova disso. Tudo começou quando o escritor norte-americano Patrick Rothfuss, um dos responsáveis pela entidade, foi jantar com amigos e conhecidos na cidade de Reno, Nevada. Durante uma conversa com o artista Lee Moyer, Rothfuss se entusiasmou com uma das criações do ilustrador: um calendário de pin-ups. Entretanto, diferente das publicações deste tipo, nenhuma modelo foi contratada para fotografar. Moyer resolveu criar figuras sensuais a partir de personagens famosos da literatura.

O artista disse que as grandes gráficas não se interessaram muito pela proposta. “Você tem 12 dessas?”, perguntou Rothfuss. “Sim, e estão prontas para circular”, respondeu. “Eu imprimo”, garantiu o escritor ali mesmo no restaurante. A promessa foi cumprida e grandes nomes são homenageados a cada mês do ano – Mark Twain, Charles Dickens, Liev Tolstói e Herman Melville. Para ter as dozes beldades na parede, é possível comprar pela internet. Quem se contenta só em espiar pela fechadura, dois dos pôsteres de Lee Moyer:

Dica e imagens do The Tinker´s Packs.

Victor Vieira

Não leio bula de remédio. Falar isso seria exagero e estou longe de virar hipocondríaco. Mas é verdade que com as letras arrisquei quase tudo. No jornalismo, aprendi a espremer palavras para sair notícia. A ficção me ensinou a percorrer lugares na distância entre uma prateleira e outra. E escrever garante, a mim e a quem mais embarcar, novos roteiros para essas viagens.

Últimos posts por Victor Vieira (exibir todos)