Os lábios de Lavínia

Os lábios de LavíniaRedd Angelo / unsplash

Lavínia. Nome forte como o título do livro do qual é personagem: Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios, de Marçal Aquino. Na obra publicada em 2005, a mulher sedutora vive dividida entre dois amores: o fotógrafo Cauby e o pastor Ernani, marido dela.

A personagem central é Lavínia, em torno dela tudo – e todos – giram, mas quem conta a história é Cauby. No começo da trama, o fotógrafo está numa pensão barata, numa cidade do Pará. Ele está tentando sair do inferno que afirma ter nome e corpo.

É essa história que o diretor Beto Brant, em parceria com Renato Ciasca, levou para o cinema e que estreia hoje no circuito comercial. Na pele de Lavínia está Camila Pitanga, que teve sua atuação premiada no Festival do Rio e no Amazonas Film Festival. Ao contrário do livro, o filme não é contado por Cauby e gira em torno da figura de Lavínia. Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios é o livro adulto mais vendido de Marçal Aquino e o filme, o mais caro da carreira de Beto Brant: R$ 3,5 milhões.

As imagens divulgadas no trailer dão uma pequena amostra de quão forte pode ser o filme – e Lavínia.

 

Thais Marinho

Ainda são poucos os livros na minha estante e muitos na lista para serem lidos, mas a paixão por eles já está há muito tempo instalada. Hoje, cá estou, quase ex-jornalista, estudante de Letras, atualmente em terras hermanas, desbravando o argentinês e as literaturas hispano-americanas.