Rascunho de O Pequeno Príncipe vai a leilão

Rascunho de O Pequeno Príncipe vai a leilãoRedd Angelo / unsplash

Um manuscrito de 1941 pode render entre 40 mil e 50 mil euros. A explicação para que esses papéis antigos valham tanto é que são os originais de O Pequeno Príncipe, do francês Antoine de Saint-Exupéry. A raridade será leiloada no dia 16 de maio, em Paris. Com caligrafia apressada e praticamente ilegível, é possível ler no rascunho um trecho inédito e variações de dois capítulos do romance.

O manuscrito da obra, que ficou famosa em todo o mundo depois de seu lançamento em 1943, é um dos 30 documentos antigos que formam o acervo deixado pelo autor. Os seis capítulos de Piloto de Guerra, segundo as expectativas, podem ser arrematados por 300 mil euros. Outro texto importante que entrará na oferta é Escalas da Patagônia, um manuscrito autografado de 1932 que é considerado um dos mais bonitos do autor.

Lá da AFP. Imagens de reprodução.

 

Victor Vieira

Não leio bula de remédio. Falar isso seria exagero e estou longe de virar hipocondríaco. Mas é verdade que com as letras arrisquei quase tudo. No jornalismo, aprendi a espremer palavras para sair notícia. A ficção me ensinou a percorrer lugares na distância entre uma prateleira e outra. E escrever garante, a mim e a quem mais embarcar, novos roteiros para essas viagens.

Últimos posts por Victor Vieira (exibir todos)