Fernando Sabino no meio da roda

Julia Marques | Pra Ler

O ano era 1989 quando o escritor mineiro Fernando Sabino participou do programa de entrevistas Roda Viva, pela TV Cultura. O autor de O encontro marcado e tantos outros livros foi entrevistado por um time de jornalistas que perguntaram sobre quase tudo: do seu processo de escrita ao medo de viajar de avião, passando pela gestão do então presidente Fernando Collor.

Quem também fez parte da roda de entrevistadores foi o jornalista e escritor Caio Fernando Abreu. O companheiro de ofício elogiou O encontro marcado, obra que considerou decisiva para que ele tomasse gosto pela escrita:  “Vou até falar um clichê que você já deve ter ouvido muitas vezes. Quando eu tinha 17, 18 anos, eu li O encontro marcado, e foi determinante para me tornar um escritor, eu acho que isso aconteceu com muita gente” 

Durante a entrevista, Fernando Sabino disse que jamais entraria para a Academia Brasileira de Letras porque não gostaria de entrar para um lugar de onde se sai em posição horizontal. Também confessou seu medo de filme de terror, de barata e do demônio. Bem humorado, contou uma verdade que pretendia levar consigo até o túmulo: “é preciso que a gente não perca a capacidade de rir da gente mesmo”.

A entrevista de Fernando Sabino ao programa Roda Viva, da TV Cultura pode ser (re)assistida aqui:

Ela também, foi transcrita  e disponibilizada pelo Memória Roda Viva.

Imagem: Paulo Cavalcante

Julia Marques

Julia Marques

Quando era bem pequena resolvi escrever um livro. Era a história de um barquinho que perdeu o rumo no mar. Desde então, minha relação com a literatura vem em ondas: às vezes bate forte, sacudindo tudo. Outras vezes sossega. Encontrei no Pra Ler o sopro para essa aventura. Meu barquinho infantil segue cambaleando por esse mar de histórias, personagens, e cenários. Talvez um dia ele aviste um porto.
Julia Marques