Cada quadrinho, uma música

Cada quadrinho, uma músicaRedd Angelo / unsplash

Aperte o play antes de começar a leitura de Achados e Perdidos – esse é um livro com trilha sonora. Já falamos aqui no Pra Ler de uma experiência parecida com essa, só que para e-books e em terras norte-americanas. Achados e perdidos é um livro de papel e tinta, nascido no Brasil, mais especificamente em Belo Horizonte, Minas Gerais. São sete capítulos e um epílogo. Cada um, acompanhado de uma música composta com exclusividade por Bruno Ito. A trilha sonora está reunida em um CD que vem junto com a obra.

A história musicada é a de Dev, um garoto que, em um belo dia, acorda com um buraco negro na barriga. Pipo, seu melhor amigo, fica bem intrigado – e animado – com o caso e decide investigar o tal buraco. Para ver os dois primeiros capítulos, com suas respectivas trilhas sonoras, clique aqui e aqui.

O projeto é filho do site Quadrinhos Rasos, que traz quadrinhos feitos a partir de músicas. A ideia é de Eduardo Damasceno e Luís Felipe Garrocho, também autores do livro. O Pra Ler já falou deles aqui. Desde 2007, Eduardo e Luis Felipe estão trabalhando em “Achados e perdidos”. Em 2011, a obra foi impressa e o CD gravado, através do Catarse.me, e lançada na 7ª edição do Festival Internacional de Quadrinhos de Belo Horizonte (FIQ) em novembro daquele mesmo ano.

Agora, Achados e Perdidos será editada novamente. Em parceria com a Editora Miguilim, a obra estará nas livrarias de todo o Brasil, e na loja virtual Pandemônio a partir de maio. O lançamento (ou re-lançamento) será na Bienal do Livro de Minas Gerais, realizada em BH entre os dias 18 a 27 de maio.

Thais Marinho

Ainda são poucos os livros na minha estante e muitos na lista para serem lidos, mas a paixão por eles já está há muito tempo instalada. Hoje, cá estou, quase ex-jornalista, estudante de Letras, atualmente em terras hermanas, desbravando o argentinês e as literaturas hispano-americanas.