O possível Harry Potter de Alan Moore

O possível Harry Potter de Alan MooreRedd Angelo / unsplash

Ele não cita nomes, mas não é tão difícil imaginar que o Anticristo, cujo mentor se chama Thomas Riddle, seja uma referência a Harry Potter. Na HQ de Alan Moore também existe um trem mágico, escondido entre as plataformas da estação King’s Cross, que leva a uma escola também mágica. Todos esses elementos estão em 2009, último capítulo da trilogia A Liga Extraordinária: Século, que acaba de ser lançado nos Estados Unidos e no Reino Unido.

Autor de V de Vingança, Alan Moore, junto com o desenhista Kevin O’Neil, faz referência à cultura popular da época em que os capítulos da trilogia se passam. Na edição anterior, por exemplo, o ano é 1969 e gangsteres, pop stars à beira de um colapso nervoso e a comunidade hippie estão presentes na história. No caso de 2009, a Liga Extraordinária tenta impedir o nascimento do anticristo.

A trilogia é um lançamento da Comic Con. O volume final não tem previsão de chegar ao Brasil, mas se seguir o ritmo do segundo volume, não irá demorar muito. A Liga Extraordinária: 1969, chegou em terras brasileiras três meses depois do lançamento nos EUA.

Vimos no Globo Online
Imagem: Divulgação/Internet