Bob Dylan, para sempre jovem

Bob Dylan, para sempre jovemDylan Luder / unsplash

Que você cresça para ser verdadeiro, e também saiba a verdade. Que veja as luzes que o cercam e seja sempre corajoso. Que mantenha a cabeça erguida e seja forte. E, principalmente, que seja para sempre jovem.

Os bonitos versos paternais de Forever Young logo denunciam: a canção lançada no álbum Planet Waves, de 1974, foi inspirada pelo pequeno garoto de então quatro anos Jakob, filho do músico, cantor, compositor e escritor Bob Dylan.

A balada dylanesca seguiu o conselho de suas próprias estrofes: se manteve jovem, ganhou a voz de inúmeros outros cantores e, em 2008, foi transposta para as páginas dos livros. Pelas mãos do ilustrador Paul Rogers, as palavras de Dylan inspiraram desenhos que estampam o livro homônimo destinado aos baixinhos – que pode ser adquirido aqui.

Os traços de Rogers também deram vida ao vídeo abaixo, versão animada do pequeno livro. Acompanhe a viagem do garoto que segue os conselhos cantados pelo ícone norte-americano:

Vimos no Open Culture.

Jessica Soares

As páginas amareladas, a poeira da capa, o lugar escondido no armário em que esperava por ser desbravado – a história sempre teve início antes das palavras. Nunca pisei no solo de outro planeta. Mas, na falta de naves, aviões e ônibus de viagem, embarquei nas páginas dos livros, que nunca falharam em me levar para longe.