A arte de criar livros

Jessica Soares | Pra Ler

É dos escritores a prosa, mas a poesia é tecida à mão. Dobrar, cortar, costurar – página a página, vai ganhando vida um livro que não é feito apenas de palavras, mas de afeto e cuidado. Esta é a proposta da coleção “Livros Artesanais”, um projeto da Arte & Letra, editora fundada em 2004 em Curitiba. Foram confeccionados manualmente, um a um, exemplares dos clássicos Um Coração Singelo, de Gustave Flaubert, Assassinatos na Rue Morgue, de Edgar Allan Poe, e Luzes, conto de Anton Tchekhov.

Impressos em tipografia, com ilustrações em xilogravura, encadernação manual e com cheirinho de tinta, a proposta da coleção é oferecer uma experiência sensorial aos leitores.”Você vai pegar, sentir o tecido de algodão, vai ter uma ligação com aquilo. Vai pegar e perceber que aquele papel tem uma impressão e tem um relevo (…) As pessoas vão sentir, vão cheirar, vão tocar – de alguma maneira vão se relacionar um pouco mais com esse objeto”, conta Daniel Barbosa, responsável pela encadernação, no vídeo de apresentação da coleção. Assista abaixo:

Quem quiser levar para casa uma dessas belas obras precisa correr: foram produzidos apenas 200 exemplares numerados de cada título. Os livros estão à venda na Livraria Arte & Letra, em Curitiba, e no site da editora.

Jessica Soares

As páginas amareladas, a poeira da capa, o lugar escondido no armário em que esperava por ser desbravado – a história sempre teve início antes das palavras. Nunca pisei no solo de outro planeta. Mas, na falta de naves, aviões e ônibus de viagem, embarquei nas páginas dos livros, que nunca falharam em me levar para longe.