Sylvia Plath nas prateleiras

Sylvia Plath nas prateleirasAbigail Keenan / reprodução

Dificilmente um leitor irá encontrar as obras da poeta norte americana Sylvia Plath nas estantes de livrarias brasileiras. Dos poucos trabalhos editados no Brasil, são raros os que ainda estão em catálogo.

Nos próximos meses, entretanto, esse cenário deve mudar. A editora Globo, que publicou Os Diários de Sylvia Plath, o único livro da poeta em catálogo hoje, deve lançar nos próximos meses Sylvia Plath: Drawings. A obra vai trazer desenhos a tinta feitos pela autora entre 1955 e 1957, na época em que estudava em Cambridge, Inglaterra (já falamos disso aqui).

Para 2014, a editora prevê o romance autobiográfico A Redoma de Vidro, que está há anos fora de catálogo, e The Collected Poems. A editora Record pretende reeditar o volume de poemas Ariel, publicado em 1965. O livro é uma das obras mais significativas de Plath, que traz poemas escritos nas suas últimas semanas de vida. Sylvia tirou a própria vida em 1963.

Vimos em A Biblioteca de Raquel

Thais Marinho

Ainda são poucos os livros na minha estante e muitos na lista para serem lidos, mas a paixão por eles já está há muito tempo instalada. Hoje, cá estou, quase ex-jornalista, estudante de Letras, atualmente em terras hermanas, desbravando o argentinês e as literaturas hispano-americanas.